Tipos de plantas e desenhos que compõe um projeto arquitetônico

Sim, é possível construir somente com a planta baixa, porém não é o ideal e nem correto, devido a alguns fatores. Os limites das janelas, frequentemente, possuem marcações mais fortes que das portas, porque mostram a largura, o comprimento e o peitoril do elemento e assim diferenciam um item do outro. Nas portas ainda há um arco pontilhado para indicar qual é o sentido de abertura delas. Além disso, os responsáveis pela obra acompanham o desenvolvimento do projeto por meio desse documento, para que não ocorram erros.

De fato, consertar o sistema hidráulico costuma sair bem mais caro do que investir em um projeto eficaz, com profissionais capacitados e materiais de boa qualidade. Nela, são ilustrados os canos de entrada, provenientes da caixa d’água ou vindos diretamente da rua, e os respectivos pontos de saída. Isso inclui torneiras, chuveiros e vasos sanitários, bem como piscinas e o sistema de irrigação da obra, além das caixas de gordura e dos ralos internos ou pluviais. Imagine-se dentro do local e comece a criar a distribuição dos cômodos e o fluxo de passagem de acordo com as informações passadas pelo cliente. Ela tem como característica o fato de apresentar desenhos coloridos, com luz, efeitos e texturização.

Caso ainda tenha alguma dúvida de como fazer um projeto de casa da forma correta e não ter mais dor de cabeça? Incluindo os projetos hidráulico, elétrico, e de cobertura, para que sejam usados nas etapas de construção. Para auxiliar esse processo podem ser usados softwares, como AutoCad, Revit e SketchUp. Será preciso ultrapassar muitas etapas até o arquiteto concluir o seu
projeto arquitetônico.

Essas aparecem hachuradas e as cotas indicam a distância entre ela e o limite do terreno, para que sejam locadas corretamente. A planta de implantação destaca também o rebaixo que deve ser feito na calçada para a entrada de veículos e a posição do norte. A Planta de situação mostra a relação do terreno em que vai ser implantada a edificação com a vizinhança. Imagine uma obra em um local com vários terrenos vazios que por uma confusão começa a ser construída no lugar errado? Para evitar esse tipo de erro a planta de situação indica a distância do terreno até a esquina mais próxima, além dos nomes das ruas.

Em edificações de uso coletivo é obrigatória a elaboração do projeto de prevenção e combate à incêndio. A fachada pode ser feita também de forma mais humanizada para ser apresentada para o cliente. Nesse caso, podemos inserir as cores e as texturas o que facilita o entendimento tanto do cliente como dos fornecedores. Em alguns casos, dependendo do sistema estrutural, os cortes podem indicar também a posição da fundação e altura das vigas. Já no Rio de Janeiro, a Secretaria Municipal de Planejamento Urbano também disponibiliza as plantas online. Se necessário, o interessado pode ligar para a Central 1746 e solicitar o número do projeto para acessar o sistema.

Faça os cortes

A planta baixa é um desenho técnico em escala que mostra as paredes e cômodos de uma estrutura como se fossem vistos de cima. A representação é feita a partir de um corte imaginário à altura de 1,50m do piso. Esta medida é utilizada pois é capaz de abranger as aberturas de portas e janelas, por exemplo. Já a planta humanizada é feita com desenhos elaborados e contém mais detalhes do imóvel, como representação dos móveis e pisos desenhados e coloridos. Esse modelo de planta é bastante utilizado por arquitetos na apresentação de projetos, já que o entendimento é mais simples para pessoas leigas.

Projeto Hidráulico

Cada casa deverá ser projetada para atender as necessidades daqueles que irão morar nela e as condições do terreno. E ainda é melhor se estes dados forem integrados em um mesmo sistema de modelação de informações. Por exemplo, quais serão as espessuras aproximadas das paredes; como
devem ser os caimentos dos telhados; se haverão plantas de casas desníveis de pisos; se cômodos
serão integrados; e muito mais. É através dele que são determinadas as maiores características de uma
estrutura a ser construída. Isto inclui alguns apontamentos importantes quanto
aos subsistemas, como possíveis e pontos para shafts, e de decoração, como a
posição dos principais móveis.

Pavimentos ou pisos

Em algumas cidades, a SIURB presta determinados serviços online que facilitam como conseguir a planta de um imóvel. Os materiais que compõem o chão de um imóvel influenciam planta de casas no peso tolerado e no modo de limpeza. Quando o morador respeita essas características, ele contribui para a preservação do local, evitando imprevistos e manutenção.

Independentemente de onde você vai desenhar a planta baixa (papel ou software), o primeiro passo é fazer um esboço da edificação. Além da planta baixa “tradicional”, uma outra opção é a planta baixa humanizada. Se você conferir uma planta humanizada, olhe o tipo de piso que há em cada repartição antes de conhecer o imóvel, porque dessa maneira você não terá nenhuma surpresa. Ou seja, veja na cozinha, banheiros e área de serviço onde se localizam os espaços para os equipamentos que precisam de encanamento.


Publicado

em

por